16 de ago de 2014

Epidemia da síndrome de Paris atinge turistas chineses ( Via Diário do Centro do Mundo)

Uma epidemia está afligindo os turistas chineses que vistam a capital francesa: a síndrome de Paris.

Assim como os japoneses, os chineses que visitam a cidade pela primeira vez – entusiasmados com relatos da mídia e filmes como “Sinfonia de Paris” e “O fabuloso destino de Amélie Poulain” – chegam esperando encontrar uma cidade europeia pitoresca, rica e amigável, com homens e mulheres elegantes que deixam um rastro de Chanel Nº 5.
Ao invés disso, eles descobrem o lado mais áspero de Paris – metrôs lotados, garçons mal-educados e tentativas de furtar os turistas com dinheiro na mão – que faz com que eles entrem num estado de choque psicológico.
Os chineses têm uma ideia romântica da França, conhecem a literatura francesa e as histórias de amor do país”, disse Jean-François Zhou, presidente da associação chinesa de agências de viagem da França. “Mas alguns terminam aos prantos, jurando que nunca mais vão voltar”.
Como eles carregam grandes quantidades de dinheiro em espécie, os turistas chineses costumam ser alvo de furtos.
“Às vezes eles tentam comprar um sorvete com uma nota de 500 euros”, disse Zhou. Eles geralmente trocam grandes quantidades de yuan para restringir as taxas de câmbio, e o uso dos cartões de crédito não é tão comum na China quanto na Europa, disse.
Fonte: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/epidemia-da-sindrome-de-paris-atinge-turistas-chineses/

Nenhum comentário:

Postar um comentário